Novembro Azul

NOVEMBRO AZUL... INFORMAÇÕES, CUIDADO E SAÚDE!

Agora no mês de novembro as coisas mudam de cor e passar a ficar azuis. O Novembro Azul é uma campanha muito importante de combate ao câncer de próstata e conscientização da importância de exames regulares e diagnóstico precoce.

NO BRASIL

O Instituto Lado a Lado pela Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia trouxeram a campanha para o Brasil. 

O mês de Outubro chegou para a conscientização do Câncer de Mama!

 

Embora a doença esteja presente o ano todo, o mês de Outubro é caracterizado internacionalmente como o mês da conscientização da prevenção e do diagnóstico precoce do Câncer de mama. A escolha de um mês para essa campanha auxilia as mulheres a lembrar no meio da correria do dia a dia, dos exames preventivos que são fundamentais.

Estima-se que cerca de 30% dos casos de Câncer de mama podem ser evitados com o controle de fatores de risco modificáveis: obesidade, sedentarismo, alcoolismo, tabagismo, reposição hormonal. 

Câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres

Hoje o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil.

É uma doença causada pela multiplicação de células anormais na mama, que forma um tumor.

Há vários tipos de câncer de mama. Alguns se desenvolvem rapidamente e outros não.

Segundo estatísticas do Instituto Nacional do Câncer (INCA) o câncer de mama é o 1º mais frequente câncer, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano.

O Globo | Imunoterapia foi eleita este ano o maior avanço contra o câncer

RIO — Que a imunoterapia é uma revolução, não há dúvida. A técnica estimula o organismo do paciente a identificar as células cancerosas e atacá-las, por meio de drogas que modificam a resposta imunológica. Isto é, em vez de mirar o câncer, os remédios imunoterápicos dão um “empurrão” nas nossas defesas para que elas mesmas detectem a doença. O que anima ainda mais a comunidade médica é a descoberta, de cinco anos para cá, que muitos tipos de câncer podem ser tratados usando essa lógica.

O Globo | Incidência de câncer colorretal aumenta entre os mais jovens

A obesidade está relacionada com maior risco de câncer colorretal.

Um estudo divulgado ontem pela Sociedade Americana de Câncer revela que o número de casos de tumor colorretal (de intestino grosso e reto) está aumentando entre adultos jovens e de meia-idade, principalmente o cancro no reto

Avanços no tratamento da Leucemia Linfocítica Crônica: Ibrutinibe

Avanços no tratamento da Leucemia Linfocítica Crônica: Ibrutinibe

Avanços no tratamento da Leucemia Linfocítica Crônica: Ibrutinibe

Trombofilia

A trombofilia é a predisposição em desenvolver eventos trombótico (coágulos sanguíneos) devido a alterações hereditárias ou adquiridas da coagulação. As hereditárias são decorrentes de defeitos genéticos, enquanto as trombofilias adquiridas ocorrem por alterações no sistema de coagulação ao longo da vida. As trombofilias devem ser investigadas em casos de eventos trombóticos em locais atípicos, trombose de repetição, história familiar de eventos trombóticos, história de abortos tardios (após 10 semanas de gestação).

Náuseas e Vômitos no Tratamento Oncológico

Náuseas e Vômitos no Tratamento Oncológico

Náuseas e vômitos estão entre os sintomas mais recorrentes e um dos que mais afetam a qualidade de vida dos pacientes em tratamento oncológico. O conhecimento dos mecanismos fisiopatológicos e do manejo eficaz desses sintomas por parte da equipe mutidisciplinar é de fundamental importância para a adesão ao tratamento quimioterápico com agentes antineoplásicos.

Açúcar e Saúde

A recomendação da Organização Mundial da Saúde ( OMS) desde 2015 é que, para maiores benefícios à saúde, o consumo diário de açúcar seja reduzido para 5% das calorias ingeridas por dia (ou cerca de 25g), devido ao grande aumento de doenças não transmissíveis (DCNT) em todo mundo.

Zika, Chicungunya e Dengue

Zika, Chicungunya e Dengue.

Estamos vivendo um momento de epidemias transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypt, como a Zika, Chicungunya e Dengue.

Páginas